“Painel: O trabalho mudou-se para a casa: consequências na saúde, indicadores para o monitoramento das exposições e desfechos e perspectivas de intervenção”

O Núcleo de Epidemiologia (NEPI) da Universidade Estadual de Feira de Santana coordenou a proposição de um Painel de discussão na Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO)  sobre gênero e saúde no trabalho em casa durante a pandemia. A referida proposta foi aprovada pela ABRASCO.  Assim, gostaríamos de verificar a possibilidade de divulgação do evento nos canais de extensão. Copio este e-mail para Professora Tânia Araújo, coordenadora do Núcleo de Epidemiologia (NEPI)-UEFS. Seguem abaixo as informações do evento:
Título do evento: “Painel: O trabalho mudou-se para a casa: consequências na saúde, indicadores para o monitoramento das exposições e desfechos e perspectivas de intervenção”.
Descrição do evento:  Neste Painel pretende-se discutir as desigualdades de gênero, conflitos trabalho-família e produção científica em tempos de pandemia; alterações no ciclo vigília-sono e os impactos na saúde; o teletrabalho e impactos na saúde mental. Teremos como convidadas:  a Profa.Tânia Araújo, coordenadora do Núcleo de Epidemiologia da Universidade Estadual de Feira de Santana (NEPI/UEFS). A professora  Estela Aquino (ISC/UFBA), integrante do GT Gênero e Saúde da ABRASCO.  A professora Elaine Marqueze, do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Católica de Santos (PPGSC-UNISANTOS). Sob a coordenação da Professora Ada Ávila Assunção, Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas (FM-UFMG). Pretende-se discutir as desigualdades de gênero, conflitos trabalho-família e produção científica em tempos de pandemia; alterações no ciclo vigília-sono e os impactos na saúde; o teletrabalho e impactos na saúde mental.
 
Data: 09 de Julho de 2020
Horário: 16 horas
Link de Transmissão no youtube TV ABRASCO :https://www.youtube.com/watch?v=PUXjNt5LZH0