Artigo destaca o impacto do coronavírus nas populações negras do Brasil e EUA

A professora doutora Edna Maria de Araújo, da área de Saúde Pública e Epidemiologia da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) publicou artigo em parceria com a professora doutora Kia Lilly Caldwell da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, sobre os efeitos da pandemia do coronavírus no Brasil e nos Estados Unidos.

“COVID-19 has been deadlier for Black communities in Brazil and the US, thanks to shared legacies of slavery and systemic racismo” foi veiculado inicialmente em “Tua Conversation” e depois republicado pela “Business Indider”, revista com grande  prestígio na comunidade científica nos Estados Unidos.

Segundo Edna Maria de Araújo, o artigo desvela as similitudes entre os países mais atingidos do mundo pelo covid19, com alto índice de mortalidade da população.  Os  presidentes comungam a mesma opinião, e por isso Donald Trump e Jair Bolsonaro, foram amplamente criticados por terem lidado mal com a pandemia. E em ambos os países o vírus está afetando desproporcionalmente os negros, resultado do racismo estrutural que remonta à escravidão.

Acesse AQUI o artigo completo.